Policial

Sábado Sangrento: homem morto a tiros no Centro é identificado

Este é o segundo homicídio em Vilhena e terceiro na região do Cone Sul, neste sábado sangrento

O homicídio aconteceu na noite deste sábado, 27 de Outubro, na avenida Primeiro de Maio, no Centro da cidade de Vilhena.

Segundo apurado, dois homens armados chegaram a bordo de uma motocicleta de cor escura, um deles trajando camiseta de cor rosa, e efeturam disparos contra o jardineiro Marcos Rangel Gomes, de 35 anos, o qual, acabou alvejado por tiros na cabeça e veio a óbito em seguida.

Vizinhos informaram que durante a tarde, Marcos estaria gritando na rua, chamando certas pessoas, dizendo que não tinha homem para matá-lo.

A unidade de resgate do Corpo de Bombeiros chegou a ir no local, mas, apenas constataram o óbito da vítima. A Polícia Militar isolou a área até término de perícia da Polícia Técnico-Científica (Politec) e em seguida liberaram o corpo a funerária de plantão.

Sábado sangrento no Cone Sul

Desde as primeiras horas da manhã deste sábado, 27 de Outubro, o Cone Sul amanheceu banhado de sangue, em especial nas cidades de Vilhena e Chupinguaia, tendo ocorrido o primeiro homicídio na rua rua 8225, no bairro Alto dos Parecis, em Vilhena, onde homens armados, a bordo de uma motocicleta de cor escura, perseguiram o apenado Lucas Cardoso de Oliveira, 28 anos, que estava a bordo de uma motoneta Honda Biz de cor preta e placa NCI-7988/Vilhena e efetuaram disparos contra o mesmo, tendo este, vindo a óbito no local.

Logo em seguida, o 3º Batalhão de Polícia Militar, responsável pela área de Vilhena, Chupinguaia e seus distritos, receberam uma denúncia dando conta de um corpo encontrado numa estrada na área rural de Chupinguaia, há cerca de um quilômetro da área urbana do município.

Lá, as guarnições constataram a veracidade da informação e após acionarem a Polícia Técnico-Científica (Politec) para perícia, identificaram o apenado Paulo Alves Batista, de 37 anos, conhecido pelo apelido de “Paulo Correria”, que teria sido morto a tiros em outro local e tido o corpo desovado nessa estrada durante a madrugada.

Agora, novamente em Vilhena, os militares registram a execução de Marcos Rangel Gomes, de 35 anos.

Todas as vítimas teriam ligação com tráfico de drogas e facções criminosas que atuam na região, o que leva a crer em acerto de contas. A equipe da Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) já está em campo no intuito de elucidar estes casos.

Carlos Mont Serrate / Claudemir Sabino

Rota Policial News

 

Facebook Comentários

Artigos Relacionados

Fechar