Policial

Polícia identifica homem de 35 anos morto em funilaria de Vilhena no 24º homicídio do ano e suspeitam de crime passional

Funileiro era separado, considerado trabalhador e tinha filho de 10 anos

O 24° homicídio do ano  na cidade foi registrado na noite desta quarta-feira, 22 de Maio, dentro de uma empresa de funilária na rua Rosa deSaron, no Setor 17, bairro Jardim Primavera, em Vilhena.

Foi identificado como sendo Nilton Schultz, de 35 anhos, conhecido como “Titela”, o funileiro morto a tiros dentro da funilaria em que estava nesta noite. A vítima chegou a implorar pela vida gritando e pedindo: “Não faz isso comigo não, não faz isso comigo não!”

Um amigo de Nilton, disse que ele era separado, tinha um filho de 10 anos, e que convivia com ele desde a infância, descreveu o funileiro como trabalhador, que não tinha envolvimento com o mundo do crime. “Era uma pessoa boa e correta, não se envolvia com coisa errada”, disse.

Pessoas próximas cogitam a possibilidade de Schultz ter sido executado a mando do integrante de uma facção criminosa que atua na cidade e que estaria preso. A motivação seria uma questão passional, e esta informação foi passada para a polícia, que irá investigar a suspeita.

O homicida chegou em uma motocicleta YBR de cor prata e invadiu o local armado e efetuou os disparos mesmo com a vítima implorando pela vida.

A área foi isolada para perícia criminal da Polícia Técnico-Científica (POLITEC) e o caso será investigado pela Polícia Civil, através do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Redação

Rota Policial News / Folha do Sul Online

Google

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao topo

Você não pode copiar o conteúdo desta página

Adblock detectado

Por favor nos ajude a manter o site no ar e desative seu Adblock. Agradecemos pela compreensão! :)