Policial

P-TRAN prende casal de traficantes após abordagem em Vilhena, homem delatou a própria namorada

Infratores foram levados para UNISP

A prisão aconteceu na noite desta segunda-feira, 26 de Dezembro, em frente a uma residência na avenida Carmelita Firmino dos Anjos (34) esquina com a avenida 2.208, setor 22, em Vilhena.

A guarnição da Polícia Militar de Trânsito (P-TRAN) realizava rondas na localidae quando avistaram um rapaz a bordo de uma motoneta Honda Biz saindo de uma residência já conhecida por ser uma possível “boca de fumo”.

Ao perceber que seria abordado, o infrator acelerou a motoneta e tentou fuga, subindo a rua 37 e realizando conversão na avenida Brasil (30), onde subiu em cima da calçada e arremessou algo de cor marrom por cima do muro de um conundo de apartamentos.

Abordado e identificado como Wanderley, de 40 anos, o infrator chegou a negar que estivesse com algo ilícito, mas os militares encontraram uma pedra de aproximadamente 21 gramas de crack na lateral do muro do conjunto de apartamentos, enquando no bolso do criminoso, fora localizado a quantia de R$364,00 em notas trocadas em valores de R$5,00  à R$50,00, além de um celular.

Para a polícia, ele disse não ter mais drogas e que inclusive, os militares poderiam ir com ele até a casa onde ele reside com a mãe para averiguar os fatos.

Questionado, ele assumiu que as chaves que estavam em sua posse eram do apartamento de Paola, que é sua namorada.

Na casa onde ele reside foram encontradas uma pedra de crack de 25 gramas, 20 gramas de cocaída em três parangas que estavam no armário, outras  três gramas de craci, fracionados em 13 embalagens prontas para venda, oito aparelhos celulares sem procedência alguma, oriundos da troca por drogas, 10 cartões bancários diversos, uma aliança dourada, uma corrente dourada, R$23 em moedas e uma caixa de som pequena sem procedência.

Os militares então foram ao apartamento de Paola, uma vez que o infrator disse que havia saído do apartamento dela com as drogas que seriam vendidas e que as chaves do apartamento estava com ele.

No local, os militaresm prenderam Paola e uma policial feminina encontrou na bolsa de Paola quatro embalagens de droga prontas para venda e R$19,65. Wanderley então delatou a namorada dizendo que ambos comercializam drogas.

Diante dos fatos, o casal foi preso em flagrante por tráfico de drogas e foram conduzidos e apresentados na Unidade Integrada de Segurança Pública (UNISP) juntamente com as drogas, dinheiro e objetos apreendidos, para providências cabíveis da Polícia Civil.

Redação

Rota Policial News

Google

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao topo

Você não pode copiar o conteúdo desta página

Adblock detectado

Por favor nos ajude a manter o site no ar e desative seu Adblock. Agradecemos pela compreensão! :)