Policial

No WhatsApp, moradora de Vilhena relata tentativa de rapto de criança

Apesar de áudio assustador, não há qualquer registro de ocorrência sobre o fato, que pode se tratar de "Fake News"

Nesta quinta-feira, 22 de Abril, foram compartilhados em grupos de WhatsApp da cidade de Vilhena, a informação de uma suposta tentativa de rapto de criança ocorrida no bairro Bodanese.

Em umdos áudios, a mulher pede para que as mães cuidem dos filhos pequenos e afirma que um homem moreno e alto, com barba, aparentemente jovem seria o suposto sequestrador.

Já em outro áudio, da suposta mãe de uma criança relata que a filha lhe chamou dizendo que um homem havia pedido para ela o acompanhá-lo e que ela disse que iria chamar a mãe e o homem teria dito que não precisava.

No terceiro áudio, outra mulher afirma que o homem teria tentado raptar um garoto de 07 anos de idade e que este já estaria com a criança próximo de uma esquina, quando foi impedido de levá-la.

Apesar dos áudios assustadores, não há até o momento, qualquer registro de ocorrência ou chamado a central de operações do 190 quanto aos fatos relatados em áudio, o que pode indicar que sejam “Fakes News” compartilhadas em redes sociais.

Mesmo sendo ou não um “Fake News” é necessário o cuidado dos pais para com seus filhos menores de idade, desde a oriantação a não falar, aceitar doces e presentes ou sair com estranhos, a cautela geral de manter os menores por perto.

A reportagem alerta ainda, aos familiares que de fato presenciarem fatos desta natureza não exitem em acionar a Polícia Militar e denunciar os casos à Polícia Civil para que investigações sejam feitas e o pior seja evitado.

A Polícia Civil poderá abrir inquérito policial para apurar tais fatos narrados em áudios de WhatsApp.

Veja os áudios enviados em redes sociais:

Tony Rota/ Claudemir Sabino

Rota Policial News

Facebook Comentários

Google

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor nos ajude a manter o site no ar e desative seu Adblock. Agradecemos pela compreensão! :)