Policial

Mulher de 20 anos é presa por tráfico de drogas no Setor 09, dois homens estão foragidos

Polícia recebeu denúncia e infratora acabou presa

O caso de tráfico de drogas foi registrado na tarde desta quarta-feira, 13 de Fevereiro, em uma residência localizada na rua910, no bairro Boa Esperança, setor 09, em Vilhena.

Após a Polícia Militar receber informações de que haviam três pessoas foragidas da justiça residindo em uma casa na rua 910 e que poderia ter uma arma de fogo e drogas no local, guarnições foram destinadas ao endereço e no momento em que uma das viaturas se aproximou, os policiais avistaram a suspeita Melissa Karolaine Assunção Araújo, de 20 anos, saindo do local e abordaram, tendo ela tentado enganar os militares, dizendo ter saído da casa vizinha.

A residência estava com as portas abertas e não havia mais ninguém no local, sendo que vizinhos disseram que dois rapazes saíram dali em uma bicicleta e que estes estariam morando na casa com a infratora. Melissa e o suspeito Alan A. S, de 23 anos, estariam no local escondidos devido terem fugido de uma abordagem ocorrida no dia 07 deste mês, quando policiais localizaram drogas e dinheiro na casa que paravam, localizada na rua  803 do bairro Alto Alegre.

Melissa contou aos policiais que o suspeito Daniel da S. de O, de 21 anos, alugou o referido imóvel e que ela e Alan foram residir no local até juntarem dinheiro para irem embora e que as malas já estavam prontas para viajarem para a cidade de Sapezal/MT, onde passariam uma temporada.

Na casa, os policiais encontraram três invólucros de crack puro, dentro de um fogão, totalizando 3,7 gramas e duas porções de maconha que totalizaram 19 gramas. Já na área de serviço foi encontrado um invólucro contendo 13 pedras de crack embaladas para venda, na cozinha, sobre a geladeira, um maço de cigarros contendo mais 17 parangas de crack, além de um invólucro grande com pó branco, totalizando 34 gramas, além de uma tesoura, papel plástico picotado para embalar drogas.

Questionada, Melissa alegou ter conhecimento das drogas e que em parceria com Daniel e Alan traficam entorpecentes no local e ela revelou inclusive, que já ficou presa oito meses no regime fechado por tráfico de drogas e que Daniel encontra-se no regime domiciliar, mas que não cumpre tal decisão.

Ela disse aos policiais não saber para onde os dois suspeitos haviam ido e que não tinha interesse em falar caso soubesse, sendo então, presa por tráfico de drogas e conduzida para Unidade Integrada de Segurança Pública (UNISP) e autuada por tráfico de entorpecentes, conforme prevê o Artigo 33 do Código Penal. Alan e Daniel não foram encontrados pelas radiopatrulhas e devem ser procurados pela Polícia Civil.

Carlos Mont Serrate / Claudemir Sabino

Rota Policial News

Facebook Comentários

Artigos Relacionados

Fechar