Geral

Mark Zuckerberg pretende cobrar por uso do WhatsApp

O CEO da Meta, Mark Zuckerberg, estaria com planos de cobrar uma mensalidade pelo uso do WhatsApp

Boatos que circulavam na internet diziam que o bilionário e CEO da Meta, empresa de tecnologia que controla o Facebook, o Instagram e o WhatsApp, Mark Zuckerberg, estaria pensando na possibilidade de passar a cobrar uma mensalidade dos usuários que utilizam o WhatsApp Business. Os rumores eram reais.

O WhatsApp Business é uma versão alternativa do popular aplicativo de mensagens. É uma opção que pode ser bastante útil para pequenas e médias empresas, já que oferece algumas ferramentas que facilitam a vida dos empreendedores que precisam usar do aplicativo para os negócios.

Já são mais de 500 milhões de downloads do app na loja digital do Google.

O que se sabe sobre o WhatsApp Premium?

O WhatsApp Premium, versão paga do WhatsApp Business, já está disponível pra testes. Foi o que alegou o WABetaInfo, portal de informações sobre o WhatsApp. O anúncio oficial ainda não aconteceu, e também não há informações acerca de valores.

As novidades incluem a possibilidade de criar um link exclusivo para o chat da empresa e a opção de conectar até 10 dispositivos diferentes à mesma conta do WhatsApp Business.

Até a plataforma ser lançada oficialmente, é esperado que mudanças e atualizações ocorram no app.

Vale lembrar que a versão paga do aplicativo é opcional, portanto os usuários que preferirem podem continuar utilizando a versão gratuita.

Novidades no WhatsApp chegam primeiro no Brasil

Recentemente, foi divulgada uma iniciativa para o aprimoramento do uso do WhatsApp Business, tendo o Brasil como sede do projeto piloto. O próprio Zuckerberg anunciou a novidade em vídeo durante o evento WhatsApp Business Summit, em São Paulo.

A nova ferramenta possibilita fazer buscas dentro do app por contas comerciais, sem necessidade de já ter o número salvo previamente.

O CEO explicou que “embora milhões de empresas no Brasil usem o app para conversar, ainda não era possível descobrir negócios ou comprar deles, então as pessoas acabavam tendo que usar soluções
alternativas”.

A escolha do Brasil como país sede não foi coincidência, já que 92% dos brasileiros com celular possuem o WhatsApp instalado, segundo dados divulgados pela Folha.

Zuckerberg chegou a citar a paixão do Brasil pelo aplicativo no vídeo do anúncio. “Esse é um dos únicos países onde ouvi falar de pessoas abrindo contas bancárias, comprando carros e pedindo o jantar — tudo no WhatsApp”, comentou.

Fonte: Seu Crédito Digital

Google

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao topo

Você não pode copiar o conteúdo desta página

Adblock detectado

Por favor nos ajude a manter o site no ar e desative seu Adblock. Agradecemos pela compreensão! :)