Geral

Lei municipal aprova incentivo aos músicos da Orquestra Sinfônica de Vilhena

Artistas terão apoio financeiro para ampliar atividades e profissionalizar atividades

Após vários anos de atuação quase voluntária, a Orquestra Sinfônica de Vilhena passará a ter um apoio substancial da Prefeitura de Vilhena através do Bolsa Orquestra, avaliado em R$ 120 mil para seus integrantes. O projeto de autoria da Prefeitura foi aprovado pela Câmara de Vereadores, após indicação do vereador Rafael Maziero.

“Estamos evoluindo na atuação da Fundação Cultural e, finalmente, o setor artístico da cidade tem uma entidade que os recebe de igual para igual, com alguém que entende do assunto. É muito bom ter a Câmara também lutando para que possamos valorizar nossos artistas. A união dos poderes em favor das necessidades dos vilhenenses é algo que nos faz feliz”, explica o prefeito Eduardo Japonês.

A abertura de crédito de R$ 120 mil é resultado de superávit conseguido através de melhor gestão dos recursos da Fundação Cultural. “Nós economizamos para podermos fazer mais pela Cultura, o que tem sido uma característica desta gestão do prefeito Eduardo em todas as áreas. O vereador Rafael Maziero tem sido um parceiro da Fundação Cultural e eu fico muito feliz com a aprovação deste projeto, pois a Orquestra Sinfônica de Vilhena tem prestado um relevante trabalho na educação musical dos nossos jovens, na difusão da cultura no Município”, explica a presidente da FCV, Kátia Valléria.

Mantendo ensaios constantes nas dependências da FCV, a Orquestra é responsável pela formação de vários músicos na cidade, além de apresentações artísticas que mobilizam centenas de pessoas em grandes eventos. Esta é a única orquestra sinfônica do Estado de Vilhena em atuação. O Bolsa Orquestra poderá facilitar a permanência dos artistas no conjunto e também ajudará a ampliar as atividades do grupo.

“A ideia do bolsa-orquestra é algo que defendo há um bom tempo, para aliviar os custos que a Orquestra Sinfônica de Vilhena tem para desenvolver esse belíssimo trabalho. Isso já existe em diversas cidades e quero registrar que o maestro Ronis é um homem digno de toda a nossa admiração e merece todo o nosso apoio, pois há anos rege nossa orquestra com amor e dedicação”, disse Maziero.

O vereador ainda adiantou que estuda com sua equipe outras propostas de fortalecimento da Orquestra vilhenense e terá novidades já na próxima Conferência Municipal de Cultura, pré-agendada para 3 de agosto, conforme divulgado pela Fundação Cultural.

Semcom

Facebook Comentários

Google

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor nos ajude a manter o site no ar e desative seu Adblock. Agradecemos pela compreensão! :)