Policial

Justiça revoga prisões e os quatro prefeitos presos pela Polícia Federal em Rondônia vão reassumir mandatos

Decisão é do mesmo desembargador que mandou prender

O jornal conversou, por telefone, instantes atrás, com o advogado Nelson Canedo, de Porto Velho, e ele confirmou que as prisões dos quatro prefeitos e um ex-deputado estadual de Rondônia, foram revogadas na tarde desta sexta-feira, 18.

Canedo atuou junto com outro advogado, Renato Cavalcante, na defesa das prefeitas Glaucione Neri (Cacoal) e Gislaine Lebrinha (São Francisco do Guaporé), ambas do MDB, do prefeito de Rolim de Moura, Luizão do Trento (PSDB) e do ex-deputado Daniel Neri, marido de Glaucione (LEMBRE AQUI)

A decisão é do desembargador Roosevelt Queiroz Costa, do TJ de Rondônia, o mesmo que havia decretado as prisões, cumpridas pela Polícia Federal.

O pedido de liberdade concedido foi feito por Glaucione e estendido aos demais, incluindo Marcito Pinto (PDT), de Ji-Paraná.

Canedo explicou que o magistrado, além de revogar as prisões, também determinou o retorno dos quatro prefeitos às suas funções.

E todos pretendem reassumir os mandatos, para fechar as contas de suas administrações e transmitir o poder aos sucessores.

As Câmaras de Vereadores das quatro cidades cujos gestores estavam afastados serão comunicadas da decisão, de modo que a volta efetiva deles só deve acontecer na segunda-feira, 21.

O desembargador, segundo Canedo, teria baseado sua decisão no fato de que todas as provas contra os prefeitos já haviam sido colhidas, assim como todas as denúncias estavam apresentadas, não se justificando, portanto, a manutenção das prisões e afastamentos.

Fonte: Fotomontagem: Rondônia Dinâmica

Facebook Comentários

Google

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor nos ajude a manter o site no ar e desative seu Adblock. Agradecemos pela compreensão! :)