PolicialPolítica

Invasão gera mandado de prisão contra Moraes assinado por ele mesmo: ‘Faz o L’

O Conselho Nacional de Justiça restringiu acessos após encontrar documento fraudado e pediu investigação

Polícia Federal atendeu a um pedido do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e vai investigar um suposto ataque hacker no sistema do conselho.

O motivo foi um mandado em nome do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), pedindo a própria prisão.

Segundo a coluna de Bela Megale, do jornal O Globo, o documento foi acrescentado no sistema do CNJ, que recebe mandados de prisão da Justiça de todo o Brasil, na quarta-feira, 4. “Expeça-se o competente mandado de prisão em desfavor de mim mesmo, Alexandre de Moraes”, diz o documento, encontrado no Banco Nacional de Mandados de Prisão.

Ao Terra , o CNJ informou que, além de solicitar a investigação, impôs restrições temporárias ao seu sistema. Nesta quinta-feira, 5, o conselho também enviou à reportagem nota sobre a apuração. “O Conselho Nacional de Justiça informa que a inconsistência encontrada na quarta-feira (4/1), no Banco Nacional de Monitoramento de Prisões, foi causada pelo uso indevido de credencial de acesso ao sistema, e já foi devidamente bloqueada.

“Até às 13h dessa quinta-feira (5/1), o sistema estará completamente restabelecido, o que já se iniciou. O fato continua em apuração pelo CNJ e pela Polícia Federal e corre em sigilo”.

Fonte: Redação Terra

Google

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao topo

Você não pode copiar o conteúdo desta página

Adblock detectado

Por favor nos ajude a manter o site no ar e desative seu Adblock. Agradecemos pela compreensão! :)