Policial

Homem de 47 anos infarta em bailão e morre no Hospital Regional

Populares socorreram a vítima e a deixaram em corredor do hospital. Bombeiros foram acionados, mas não dispunham de viatura no momento

Um homem de 47 anos, identificado como Antonio Ailson Simões de Oliveira, morreu no Hospital Regional de Vilhena, após ser deixado inconsciente numa maca, no corredor da unidade, na madrugada deste domingo, 23.

De acordo com o registro do caso na UNISP, policiais militares foram informados por servidores do HR de que um casal havia levado o homem até o local e ido embora, deixando-o sobre uma maca, no corredor. O motorista de uma ambulância de Cerejeiras, vendo a situação, levou Antônio para a sala de emergência.

A médica que atendeu o paciente disse que ele havia sofrido um infarto numa casa noturna e, mesmo com os esforços da equipe de emergência, que tentou reanimá-lo, ele não resistiu e morreu pouco depois.

A polícia também ouviu freqüentadores do bailão onde aconteceu o fato, e eles disseram que, após o homem passar mal, ligaram para os Bombeiros.

A guarnição, no entanto, não tinha ambulância disponível no momento, por isso o casal foi autorizado a levá-lo ao hospital em carro particular.

Antônio, cujos documentos revelaram sua identificação, era morador do bairro Barão de Melgaço II.

Fonte: Folha do Sul

Facebook Comentários
Google

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar