Policial

Homem ameaça ex-namorada de sua atual mulher, xinga policial e acaba preso em Vilhena

Infrator acabou preso. Mulher havia ido pegar roupas e pertences na casa da ex-namorada quando foi ameaçada

A ocorrência foi registrada na noite deste domingo, 15 de Janeiro, em uma residência da avenida Leopoldo Peres, no Centro de Vilhena.

Segundo apurado, uma mulher acionou a Polícia Militar e relatou que havia ido a casa de sua ex-namorada para buscar algumas peças de roupas e sua filha de 02 anos e que quando estava no local, eis que chegou a residência o atual marido de sua ex, o qual se chama Marcos.

Ocorre que Marcos, anteriormente havia rompido o relacionamento com sua atual mulher e foi nesse período que ela teve relacionamento com a vítima, que também é do sexo feminino, mas que, após terminar com ela, voltou com o ex-marido.

Marcos passou a fazer ameaças a vítima no momento em que ela colocava as roupas na bolsa, e em determinado momento ele disse que iria matá-la, apossando-se de uma faca, avançando m sua direção, momento em que ela largou tudo e correu para a rua, solicitando a Polícia Militar através do 190 da Central de Operações.

Os militares chegaram ao local e no momento em que coletavam o depoimento da solicitante, Marcos fez novas ameaças a ela, mesmo na frente dos policiais, dizendo as palavras: “Vou sentar a mão na sua cara, eu vou te matar e vou te quebrar no pau”, dentre outras ofensas relacionadas a sexualidade da senhora.

Neste momento, um 3º Sargento da Polícia Militar exigiu que o acusado parasse com as ameaças, tendo como resposta de Marcos as palavra: “Ah, vai tomar no seu **”.

Diante das ameaças feitas à vítima e ao desacato a autoridade policial, Marcos recebeu voz de prisão, tendo resistindo a ação se debatendo e tentando agredir os policiais, sendo algemado e levado ao compartimento fechado da viatura.

Toda a ocorrência foi registrada na Unidade Integrada de Segurança Pública (UNISP) para providências cabíveis da Polícia Civil.

A vítima entregou a filha aos cuidados de uma amiga e também foi levada para delegacia, onde prestou depoimento e afirmou ter interesse em representar criminalmente o infrator amargurado.

Redação

Rota Policial News

Google

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao topo

Você não pode copiar o conteúdo desta página

Adblock detectado

Por favor nos ajude a manter o site no ar e desative seu Adblock. Agradecemos pela compreensão! :)