Policial

Garoto assassinado à tiros era sobrinho de vereador vilhenense; corpo foi encontrado neste 24 de Dezembro em Vilhena

Sobrinho de vereador era usuário de drogas e vinha praticando furtos para sustentar o vício

O 50º homicídio foi registrado na manhã desta segunda-feira, 24 de Dezembro, na linha 135, Kapa 144, próximo da torre da Embratel, na área rural de Vilhena.

Segundo apurado, populares encontraram o cadáver ao lado da estrada vicinal no início desta manhã e tão logo acionaram a Polícia Militar, que deslocou guarnições ao local, constatando-se a veracidade da informação. A Polícia Técnico-Científica (POLITEC) realizou perícia no local, verificando-se que a vítima foi executada à tiros, apresentando três perfurações de bala na cabeça, o que caracteriza-se execução.

A perícia não havia encontrado documentos pessoais que ajudassem na identificação do corpo, porém, após matéria pública no Jornal Rota Policial News, familiares do jovem o identificaram como sendo Gabriel de Jesus Macedo, de 15 anos, sobrinho do vereador vilhenense Ronildo Macedo (PV).

O tio e vereador relatou que era de conhecimento da família o envolvimento de Gabriel com as drogas e que inclusive, por diversas vezes tentaram ajudá-lo a sair do vício. A mãe do menor chegou a interná-lo clínica para dependentes químicos.

A família revelou que identificaram o corpo devido a tatuagem como o nome “Luzia”, que seria uma homenagem de Gabriel a sua avó materna.

Em depoimento, os familiares disseram que Gabriel  estava cometendo inclusive furtos para sustentar a dependência e que no último sábado, chegou a roubar casas de vizinhos.

A Polícia Civil abriu inquérito policial para apurar a motivação e autoria do assassinato.

 

 

Carlos Mont Serrate/Claudemir Sabino

Rota Policial News

Facebook Comentários

Artigos Relacionados

Fechar