Policial

Em Vilhena, festival de motos termina com pancadarias e adolescentes alcoolizados

Os jovens na cidade não sabem curtir eventos e sempre envolvem-se em ocorrências

Na tarde deste domingo, 13 de Janeiro, foi realizado na avenida Brigadeiro Eduardo Gomes, em frente à praça do shopping um festival de motos, conhecido como “Gincana de Motos” onde motociclistas realizavam manobras e alegravam o público.

A atração era para levar alegria na cidade e para que os jovens tivessem uma oportunidade de lazer diferenciada em Vilhena. Mas os organizadores mal sabiam que os jovens e adolescentes da cidade não sabem aproveitar eventos sem envolverem-se em brigas ou caírem de bêbados nas ruas e calçadas da cidade, gerando transtornos ao Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, UNISP e Conselho Tutelar.

Durante o evento, duas adolescentes entraram em vias de fato e a situação foi filmada por diversas pessoas. O motivo da briga entre as adolescentes que deveriam estar brincando de bonecas, era o de sempre: “homem”, ou como elas mesmo falam: “macho”.

Entre tapas, puxões de cabelo e chutes, as jovens que iniciaram o conflito na praça do shopping, tomaram rumo a rua Carlos Stall. Um lutador de MMA filmou a aglomeração dos jovens e ressaltou o fato de os jovens da cidade não saberem se portar em público durante eventos. A Polícia Militar foi acionada e precisou intervir na briga.

Estes mesmos adolescentes, reclamam diariamente nas redes sociais a falta de eventos e atrações voltadas ao público jovem. Mas aí fica a pergunta; para que a prefeitura e a sociedade vai organizar eventos em uma cidade em que a juventude não sabe agir como cidadão e acabam estragando as festas?

O Ministério Público mais uma vez deverá agir e impedir que festas ocorram na cidade devido aos transtornos promovidos pela juventude nesta tarde. Dentre as brigas infantis, ocorrências envolvendo menores embriagados também foram registradas.

Apesar do conflito entre pessoas que não sabem curtir, para aqueles que sabem apreciar coisas novas, o evento foi bonito e levou felicidade a quem sabe viver em cidadania.

A equipe que realizou o evento enviou ao jornal Nota de Repúdio quanto a comentários contra os organizadores do evento. Confira:

NOTA DE REPÚDIO

A todas as críticas não Construtivas.

Me entristece ver a quantidade de pessoas que se mobilizaram para denegrir a imagem de um evento Cultural, pessoas essas que não procuraram saber origem dos fatos! Infelizmente o cunho deixado pelas mídias locais faz com que a situação só piore, pois nós sabemos que nada nos foi dado e que cada evento realizado foi gratificante , contamos com uma boa equipe de desenvolvimento desse projeto e acredito sim que despenhamos uma ótima conduta. O nosso empenho foi, é, fazer um bom evento e desenvolver atividades que nos foram destinadas. Isso não inclui tomar conta de responsabilidades de outras pessoas, falar que o evento abriu brecha para fatos como: acidentes, consumo inapropriado de bebida e brigas, é culpar e nos tornar autores dos mesmos! Pessoal, não invadimos uma avenida um belo dia e decidimos fazer um evento! Houve planejamento, tivemos autorização, buscamos melhor atender o nosso público, tomar medidas para melhor proteção das pessoas.
É da conduta de cada um, saber como se portar como pessoa, não podemos interferir nas escolhas, arquem com as consequências de seus atos! O evento e as atividades tem suas regras, e se aplica a quem participa, porém é de nossa responsabilidade somente o que nos realizamos, agora se você se dirige ao local sabe o que ali acontece. Se é um evento que envolve manobras, auto volume sonoros, já dizia no anúncio! Não obrigamos ninguém a comparecer, SOMOS RESPONSAVEIS PELO QUE SE PASSA DENTRO DO EVENTO QUE PREPARAMOS, pessoas consumindo o que querem é de total poder deles, é nosso dever ALERTAR!!: “Pais olhem seus filhos”, “Manobras em fora do local apropriado terá penalidade”. Então se você é capaz de julgar espero que seja capaz de entender!

ENTENDER QUE foi bom para a economia local, para o desenvolvimento cultural, oportunidade de divulgações de empresas parceiras, local apropriado para desempenhar o hobby e lazer, bom para as pessoas que se divertiram sem prejudicar o outro!
Coisas ruins acontecem a todo instante, fazer isso fora de olhares não as deixarão menos ruins. Não cabe a ninguém culpar outros pos seus erros!

Agradecemos a todos atenciosamente.

Carlos Mont Serrate / Claudemir Sabino

Rota Policial News

Facebook Comentários

Google

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor nos ajude a manter o site no ar e desative seu Adblock. Agradecemos pela compreensão! :)