Geral

Eduardo Japonês conquista 17 quilômetros para asfalto em Vilhena no ano de 2020

Ministério do Desenvolvimento Regional garantiu R$ 19 milhões pelo programa Avançar Cidades

Barão do Melgaço 1, Bela Vista e Alto dos Parecis. Nesses três bairros a vida dos moradores está prestes a melhorar consideravelmente com a aprovação dos recursos do programa Avançar Cidades.

Ao todo 17 quilômetros de asfalto com calçamento, meio-fio, sarjeta e sinalização serão feitos nestes bairros, com previsão para início da licitação já em 2020.

O prefeito Eduardo Japonês anunciou a conquista e revelou o cronograma das obras, bem como mapa dos locais a serem beneficiados.

“Em pouco tempo estamos realizando muitas obras de grande importância para milhares de pessoas. Esses 17 km de asfalto eram esperados pelos moradores desses bairros há muitos anos e agora vão solucionar alagamentos, poeira, lama, além de valorizar os imóveis e dar mais qualidade de vida a todos”, garante o prefeito.

De acordo com o secretário de Planejamento, Terras e Integração Governamental, Ricardo Zancan, a previsão é que a obra seja licitada já em 2020.

“Neste projeto estão previstos 17.201 metros de asfalto com drenagem, calçadas, meio-fio, sarjeta e sinalização. A pavimentação está dividida da seguinte forma: Bela Vista com 4.599 metros, Alto dos Parecis receberá 6.228 metros e Barão do Melgaço 1 com 6.373”, explica.

O setor de engenharia da Prefeitura estima que na região existam 1.100 residências onde moram aproximadamente 4,5 mil pessoas.

Os recursos disponibilizados para o Avançar Cidades – Mobilidade Urbana são de financiamento, oriundos do FGTS, conforme disposições constantes no Programa de Infraestrutura de Transporte e da Mobilidade Urbana (Pró-Transporte), regulamentado pela Instrução Normativa nº 27/2017.

Os juros são reduzidos e permitem que obras de grande porte sejam realizadas em municípios pequenos, visto que as cidades não têm recursos para realizar projetos de infraestrutura que abranjam vários bairros com pagamento à vista de seu próprio orçamento.

Fonte: Assessoria

Facebook Comentários

Artigos Relacionados

Fechar