Policial

Dupla que tentou matar jovem de 19 anos a tiros em 2019 é condenada a mais de 5 anos de prisão em Vilhena

Na sentença, a Juíza Liliane Pegoraro Bilharva citou que os réus já são reincidentes, tendo um deles três condenações transitadas em julgado, e o outro, duas

Julgados na manhã desta sexta-feira, 24, pelo crime de tentativa de homicídio, Weliton da Verga Lencine, de 30 anos, e Eduardo Modesto Joaquim, 24, foram condenados, cada um, a mais de 5 anos de prisão.

De acordo com os autos, na noite do dia 04 de fevereiro de 2019, na rua HR5, no bairro Alto Alegre, um dos mais antigos de Vilhena, os acusados atiraram no rapaz de 19 anos que saia da casa da namorada. A vítima, de iniciais P.P.R.M, foi atingida no pescoço, mas conseguiu se refugiar na casa da namorada e apontou quem havia atentado contra a sua vida. Por causa da gravidade do ferimento, o garoto baleado foi transferido para um hospital de Cacoal.

Identificados pela vítima, Weliton e Eduardo foram presos em flagrante, horas após o crime.

Julgados hoje por tentativa de homicídio duplamente qualificada por motivo torpe e recurso que dificultou e defesa da vítima, os réus tiveram afastadas pelos jurados as qualificadoras e foram condenados por tentativa simples.

Ao ler a sentença, a Juíza Presidente do Tribunal do Júri, Liliane Pegoraro Bilharva, citou que ambos os réus já são reincidentes, tendo Weliton três condenações já transitadas em julgado; e Eduardo duas condenações já transitadas em julgado.

As penas foram a mesma para ambos que terão que cumprir 5 anos, 10 meses e 12 dias de prisão. Os dois estão presos desde 2019. A juíza negou a eles o direito de recorrer em liberdade.

Fonte: Folha do Sul

Facebook Comentários

Google

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor nos ajude a manter o site no ar e desative seu Adblock. Agradecemos pela compreensão! :)