GeralPolicial

Corpo de Bombeiros interdita contêineres que eram usados como salas de aula na escola Progresso em Nova Conquista

Escola deverá regularizar a sitaução das salas de aula

Alunos da escola municipal Progresso, estavam estudando em salas de aula improvisadas que não têm o alvará do Corpo de Bombeiros, em Nova Conquista, distrito que pertence à Vilhena/RO. As estruturas são de contêineres, o que preocupa os bombeiros, devido a casos em que pessoas acabaram morrendo, como no caso do time do Flamengo no Rio de Janeiro.

O Ministério Público de Rondônia teria exigido que o Corpo de Bombeiros vistoriasse todas as escolas onde contêineres eram usados como salas de aula.  Diante disto, os bombeiros estão realizando os trabalhos em todas as escolas do estado.

As escolas que já tem projetos, devem incluir os contêineres nos projetos e também realizar um laudo elétrico dos contêineres, um laudo estrutural e apresentarem o documento CIMAR (Controle de Material de Acabamento e Revestimento). Os bombeiros militares precisam saber qual o tipo do material usado nos contêineres, para ser apurado se o material é tóxico, se retarda a ação do fogo, qual material é usado no revestimento e acabamento.

“Afim de se evitar uma falsa idéia de segurança e evitar uma insegurança a quem usa, para mitigar essa ação de combate a incêndio; nós do Corpo do Bombeiros, da área técnica estamos exigindo que estás escolas aonde possuem contêineres, que eles nos deem essas informações, que nos apresentem os projetos que contempla as escolas esses contêineres, esses laudos e a vistoria,” ressaltou o Tenente BM Bueno.

A escola Progresso, vistoriada nesta segunda-feira, 18 de Março, foi interditada por medida cautelar e questão de segurança, até que a situação seja regularizada. A reportagem aguarda posicionamento da Secretária Municipal de Educação (SEMED).

 

Carlos Mont Serrate/Claudemir Sabino

Rota Policial News

Facebook Comentários

Artigos Relacionados

Fechar