Policial

Comerciante acusado de receptação destrói celular diante de policiais

Imagens no aparelho mostrariam provas do crime

Após uma moradora do bairro Alto Alegre, em Vilhena, ter sua casa arrombada, acionou a polícia e identificou o suspeito de ter entrado no imóvel, de onde saiu carregando um aparelho de TV de 50 polegadas quando ela saiu para trabalhar.

Ao ser abordado no mesmo bairro, na noite de ontem, o ladrão de 40 anos admitiu o crime e disse que ajudaria a polícia a localizar o aparelho, “em consideração” ao fato de conhecer há muitos anos a família da mulher que teve a casa invadida.

O autor do furto levou os policiais à residência do homem de 26 anos que havia comprado a TV por R$ 480,00, explicando em detalhes a negociação feita. O acusado de receptação autorizou a entrada dos policiais no imóvel, para provar que o televisor não estava ali.

Neste momento, a mãe do suspeito de receptação disse que no comércio dele existe câmera de segurança e que as imagens provariam que o filho não havia ficado com o objeto furtado. A mulher acrescentou ainda que o rapaz acessava as filmagens através do celular.

Ao ser informado que seu celular seria usado como prova, já que o ladrão afirmava ter ido ao comércio dele para receber o dinheiro da venda, o rapaz simplesmente quebrou o aparelho com as mãos, na frente dos policiais, aparentemente para destruir o material que o incriminaria.

Diante dessa espécie de confissão de culpa, tanto o ladrão quanto o receptador foram presos e apresentados na UNISP.

Fonte: Folha do Sul Online

Facebook Comentários

Google

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor nos ajude a manter o site no ar e desative seu Adblock. Agradecemos pela compreensão! :)