Policial

Cachorro é morto a facadas no bairro Cristo Rei e caso revolta moradores

Cãozinho de rua foi abatido com extrema crueldade, apresentando facadas no pescoço

O ato cruel e revoltante aconteceu na rua 1.513 no bairro Cristo Rei, em Vilhena, na madrugada da última segunda-feira, 01 de Outubro.

Viviane Carla Santos de Oliveiras, 24 anos, relatou que o cãozinho de rua havia sido adotado por ela e por sua família; eles que deste então alimentavam o animal e zelavam por seu cuidado, que foi batizado pelos moradores como “Bob”.

Conforme relatos de Viviane, na manhã de segunda-feira, deparou-se com o cãozinho morto em frente ao  portão de uma casa vizinha. O animal foi executado com facadas na altura do pescoço. Nenhum dos vizinhos disse saber quem cometeu o ato cruel e desumano.

“Foi horrível, nunca esperávamos que uma coisa dessas poderia acontecer”, disse Viviane.

A irmã de Viviane, identificada como Sirlei Aparecida dos Santos, disse estar abalada com o fato e relatou detalhes de quando começaram a cuidar de Bob. “Ele era um doce de cachorrinho, eu comecei a cuidar dele mesmo que ele continuasse na rua, porque nós temos mais cinco cachorrinhos aqui em casa, então é difícil. Comprei até mesmo uma casinha para proteger o cão da chuva e do frio”, revelou.

Os próprios moradores procuraram a Unidade Integrada de Segurança Pública, onde lavraram a ocorrência. Eles que pedem a ajuda da sociedade para identificar o criminoso que praticou tal ato.

Moradores disseram estarem revoltados com o ato criminoso e pedem justiça e a ajuda da populaão à identificar o acusado de praticar tal ato.

“Estamos revoltados, atitude desumana, cruel e insana. Queremos que este bandido seja identificado, preso e punido por isso,pedimos ajuda para identificarmos o criminoso,” contou uma moradora.

CRIME DE MAUS TRATOS

O crime de maus tratos aos animais é punível de acordo com a Lei Federal 9.605/98, que dispõe as seguintes penalidades: 3 meses a 1 ano de prisão e multa, que pode ser aumentada de 1/3 a 1/6 se o animal mau tratado vier à óbito. Os crimes podem ser denunciados na Delegacia de Polícia, através de um boletim de ocorrências.

“Nós gostaríamos que as pessoas se conscientizassem. Mesmo eles estando na rua, é importante que nós tenhamos cuidado e respeito, fazer o que podemos por eles, porque esses animaizinhos também sentem frio, fome e dor”, finalizou Sirlei, fazendo um apelo à população.

Fonte: Rota Policial News

Facebook Comentários

Google

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor nos ajude a manter o site no ar e desative seu Adblock. Agradecemos pela compreensão! :)