Política

Bolsonaro ataca Haddad no Twitter; petista perdedor em eleição pergunta se ele já pode debater

Haddad, por não ter aceitado que perdeu as eleições, continua ataques e é massacrado por Bolsonaro e por pessoas de bem mundo a fora

Rivais na disputa do segundo turno da disputa pelo Palácio do Planalto, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) e o ex-prefeito paulistano Fernando Haddad (PT) trocaram farpas neste sábado, 5, pelo Twitter por causa de uma reportagem do portal noticioso alemão Deutsche Welle.

Na sexta-feira, Haddad compartilhou o link de um texto, publicado em 28 de novembro passado, intitulado “Brasil,um país do passado”, com críticas fortes a Bolsonaro e às ideias de seus seguidores – entre outras coisas, apontava que “no Brasil, está na moda um anti-intelectualismo que lembra a Inquisição” e que “seus representantes preferem (o pastor) Silas Malafaia a Immanuel Kant (filósofo alemão).

Na tarde deste sábado, Bolsonaro retrucou, também em um post no Twitter, chamando Haddad de “fantoche do presidiário corrupto” e “marmita”. “A verdade é que o marmita, como todo petista, fica inventando motivos para a derrota vergonhosa que sofreram nas eleições, mesmo com campanha mais de 30 milhões mais cara”, escreveu, completando na sequência que “o PT quebrou o Brasil de tanto roubar, deixou a violência tomar proporções de guerra, é uma verdadeira quadrilha e ninguém aguenta mais isso!”.

O fracassado Haddad, então, voltou a tuitar apontando o link para o texto do jornal alemão e convidou Bolsonaro para um confronto, lembrando o fato de o rival ter recusado participar de debates no segundo turno da eleição, alegando problemas de saúde. “Na verdade, quem disse isso foi um jornalista da Deutsche Welle, mas se você já se sentir seguro para um debate frente a frente, estou disponível. Forte abraço!”.

Fernando Haddad recebeu chuva de comentários negativos quanto sua real falta de encarar a realidade de que perdeu as eleições. Ele que foi o pior prefeito do país e afundou a cidade de São Paulo e responde a vários processos judiciais por corrupção, lavagem de dinheiro e outros crimes.  Pessoas de bem do mundo inteiro massacraram Haddad pela extrema falta de vergonha na cara  em falar de política e moral, sendo o pior prefeito do país, com atestado de incompetência em qualquer área da sua vida.

Bolsonaro, eleito democraticamente tem feito grandiosas melhorias para o país em apenas 5 dias como presidente e isso tem feito com que os ladrões do PT tentem denegrir sua imagem, mas parece que o tiro sempre erra o alvo; afinal, até mesmo o chefe petista, no caso, o ex-presidente Lula, é um presidiário que deverá perder o direito da visita, caso Bolsonaro proiba de fato, visitas em presídio, se é que ele tem alguém que o visite de fato.

Fonte: Uol Notícias

 

 

Facebook Comentários

Artigos Relacionados

Fechar