Geral

Audiência pública irá apresentar possíveis soluções para falta de espaço no cemitério local

Evento é aberto à comunidade e acontece na próxima terça-feira, dia 26, na Prefeitura

As soluções para a superlotação do cemitério local serão discutidas na próxima terça-feira, dia 26 de março, às 19h, no auditório da Prefeitura através de audiência pública que apresentará as possíveis soluções disponíveis para que um novo cemitério seja instalado no município. A administração convoca todos da comunidade que tenham interesse em participar do debate.

“Como morador, e agora como prefeito, sempre estive preocupado com o problema de superlotação no cemitério. Estamos realizando todas as etapas necessárias para que seja resolvido. No entanto, temos agora três soluções à nossa disposição. Cada um com suas peculiaridades. Vamos apresentá-los e discutir junto com a cidade as melhores formas de resolver de uma vez por todas esse problema que já é anunciado há quase 10 anos”, conta o prefeito Eduardo Japonês.

Na oportunidade todos poderão conhecer os detalhes legais da implantação de um novo cemitério, os entraves burocráticos e as exigências que devem ser respeitadas, bem como entender o que foi feito até agora para a liberação de um novo “campo santo” na cidade.

CRISE ANTIGA – A previsão é que o espaço para novos lotes para enterro no cemitério Cristo Rei dure cerca de um ano e meio. A escassez de locais, no entanto, é tema de discussões oficiais da administração há pelo menos 5 anos, e comentada na cidade há pelo menos 10 anos.

Em fevereiro de 2015 a Prefeitura anunciou projeto de revitalização para ampliar o espaço e chegou a cogitar na época a construção de um ossuário. Em agosto de 2016 as medidas anunciadas ainda não haviam sido implantadas e a previsão dada por um dos encarregados do local era de que o cemitério poderia receber novos sepultamentos por apenas mais 2,5 anos.

No ano seguinte foram feitas melhorias como pintura e construção de calçadas, porém, o problema da superlotação apenas aumentou. Agora a Prefeitura tomará os passos necessários para resolver o problema acumulado.

 

Semcom

Facebook Comentários

Artigos Relacionados

Fechar