Geral

Ana Lídia Daibes no JN 50 anos: telão no shopping, ‘aula de geografia’ e a repercussão na internet

Público vibrou quando Ana Lídia destacou a diferença entre Rondônia e Roraima. Philipe Lemos, do Espírito Santo, dividiu a bancada com a portovelhense no último sábado (21).

A presença da jornalista de Rondônia, Ana Lídia Daibes, na bancada do telejornal mais famoso do país, levou centenas de pessoas ao shopping de Porto Velho no sábado, 21 de Setembro.

Um telão foi montado na praça de alimentação para exibir o Jornal Nacional. Junto com Philipe Lemos, do Espírito Santo, a jornalista portovelhense integrou o rodízio de apresentadores em comemoração aos 50 anos do JN.

Desde o fim da tarde, quando eram exibidas as chamadas do jornal na programação, as pessoas já estavam atentas ao telão. Sempre que Ana Lídia aparecia, o local era tomado por aplausos e gritos do público.

O servidor público Zeca de Paula foi até o shopping com a esposa Kelsilene Rodrigues e a filha Raíssa Rafaela para acompanhar o jornal pelo telão.

“Tô achando bacana, até porque a gente nem esperava isso de alguém daqui de Porto Velho. Fiz questão de vir com a família”, disse Zeca.

“Aula de geografia”

Um dos pontos altos da edição do JN foi o momento em que a jornalista da Rede Amazônica chamou a previsão do tempo. Na interação com Anne Lottermann, Ana Lídia lembrou da confusão que costuma ser feita com a localização das capitais de Rondônia e Roraima.

“Aproveitando que a gente vai estar com o mapa, você acredita que tem muita gente que confunde Rondônia com Roraima? Eu sou de Rondônia e sinto isso na pele”, interagiu Ana Lídia.

“Então vamos mostrar aqui no telão onde fica Rondônia e onde fica Roraima” concordou Anne Lottermann.

O momento foi acompanhado com gritos de euforia de quem assistia o jornal no shopping. E na internet, minutos depois, o público já repercutia o assunto.

A Ana Lídia não apresentou o JN com esse “uniforme”, mas os telespectadores de Rondônia aproveitaram a ideia.

“Foi muito por acaso essa foto. Fizemos as camisetas para vir em um congresso de engenharia e estávamos com elas bem na hora que a Ana Lídia falou com a mulher do tempo sobre Rondônia/Roraima”, comentou Felipe Monclair.

A contadora Lilian Lima e o jornalista Renato Pereira também prestigiaram a jornalista da Rede Amazônica.

“Essa foi boa pra quebrar de vez esses erros que acontecem. O pessoal faz muita confusão então foi bacana”, comentou Lilian sobre a explicação feita na previsão do tempo.

“É mais do que merecido. Tive o privilégio de trabalhar com ela, então sei da competência do profissionalismo, da responsabilidade que ela tem. Todo mundo gosta dela, é muito querida pela população toda”, disse Renato.

Para o gerente de jornalismo da Rede Amazônica Rondônia, Benedito Teles, felicidade define o sentimento da equipe ao ser representada por Ana Lídia no JN.

“É uma conquista individual dela pelo talento e pela capacidade fora do comum que ela apresentou durante toda a carreira e ao mesmo tempo acaba sendo uma conquista de toda a equipe que sempre lutou por um jornalismo de qualidade. É uma conquista de Rondônia ter uma profissional tão talentosa na bancada mais famosa do Brasil”, comemorou.

Em outro ponto da cidade, familiares e amigos da apresentadora se reuniram para prestigiar a primeira rondoniense a apresentar o JN. Muitos se emocionaram ao ver a jornalista dando destaque ao estado, especialmente no encerramento, quando ela convidou o público para conhecer Rondônia.

Fonte: G1

Facebook Comentários

Artigos Relacionados

Fechar